Overblog Suivre ce blog
Editer l'article Administration Créer mon blog

 

1866-vinho-bairrada-01.jpg« […] a propriedade n’este concelho é muito retalhada, e os maiores propietarios lá têem uma ou outra vinha maior, mas têem muitas em pequenas porções de terrenos, e estas intemediadas com as de differentes proprietarios.

 

Os maiores proprietarios de vinho, no concelho, são os seguintes : na freguezia da villa de Cantanhede, Joaquim Ribeio Dias da Costa, Manuel Pessoa Alves da Fonseca, reverendo Francisco dos Reis Pessoa ; na Pocariça, Antonio Ignacio Ferreira ; na de Bolho, Joaquim Miguel e o bacharel Antonio José da Silva Poiares ; na de Ourentã, o doutor Antonio de Carvalho e Vasconcellos ; na de Sepins, o bacharel Fernando Affonso de Almeida Coutinho, D. Rosa Machado, Viuva de Antonio Lopes Valente e o bacharel Manuel de Brito Moniz Freire ; na de Murtede, o bacharel Lino Xavier de Figueiredo ; na de Cordinhã, José Pinto ; na de Potunhos, Joaquim da Cruz Freire ; na de Ançã, o bacharel Francisco Manuel Lopes de Sampaio Bacellar e o bacharel José de Gouveia Lucena Beltrão ; na de Outil, o reverendo Manuel Marques Pessoa, Mathias Gomes Cardoso e Mathias Mendes dos Santos ; na de Cadima, Antonio de Magalhães Coutinho e o bacharel João Monteiro Gil Roldão.

 

Os principaes vinhos para embarque são os das freguezias de Sepins, Murtede, Bolho, Cantanhede, Cordinhã, Ançã e Portunhos ; o das restantes freguezias é mais inferior.

 

A communicação aos principaes centros do consumo é pela Mealhada.

 

A área do concelho cultivada de vinha pode ser de 10 kilometros quadrados aproximadamente.

 

A maior parte dos vinhos é consumida n’este concelho, muitos nos concelhos de Mira e Montemór o Velho, algum no concelho da Figueira da Foz, muito do branco nos concelhos de Aveiro e Ovar, e o de superior qualidade, tanto banco como tinto, sae para o Porto e Lisboa.

 

Meios para combater o oidium, n’este concelho, não se tem empregado algum.

 

A molestia no anno de 1685 diminuiu muito, e no anno corente augmentou, em relação ao anno antecedente. […] »

 

Cantanhede, 5 de Outubro de 1866

Assinado por :

Ill.mo e ex.mo sr. Antonio Augusto de Aguiar (lente de chimica e commissario da vinificação)

João Monteiro Gil Rodão (administrador do concelho)

 

 

 

Mappa demonstrativo do concelho de Cantanhede nos ultimos cinco annos

e valor aproximado da venda na adega do lavrador

 

1866-vinho-01.jpg

 

 

 

 

Fonte :

- O Archivo Rural, vol. 10, 1867, pp 376-378

- Carta Viticola da Bairrada, 1866, de António Augusto Aguiar

 

Meus Artigos :

António de Carvalho Coutinho e Vasconcellos (18??-1873)   

 

Tag(s) : #Cantanhede, #Cantanhede : Tradições, #Profissões

Partager cet article

Repost 0