Overblog Suivre ce blog
Editer l'article Administration Créer mon blog

 

Segundo Francisco Dinis (A Freguesia de Ourentã) Manuel Ferreira de Bastos, da Lapa, moreu na Batalha da Lys, em França. "Outros, também integrados no Corpo Expedicionario Português, voltaram mas gaseados e com traumas."

 

Graças à ajuda de Carlos Silva (no forum do site Geneall.net) obtive mais informações sobre Manuel Ferreira Bastos :

 

Manuel Ferreira Bastos, soldado (n° de placa 6011)
Unidade : - Territorial : Infantaria 1 - C.E.P. : Infantaria 1
Causa e data de morte desconhecidos

Manuel Ferreira de Bastos fica sepultado no cemitério português de Richebourg-l'Avoué (Pas de Calais).
Sepultura : Talhao C, Fila 14, Coval 6

 

 

Cemitério português de Richebourg

 

A maioria dos militares portugueses que participaram e faleceram durante a Primeira Guerra mundial estão sepultados no cemitério de Richebourg-l'Avoué (Pas de Calais) em França. A Comissão portuguesa das sepulturas de guerra comprou o terreno e encargou-se da pesquisa e do agrupamento dos corpos nesse sitio. O cemitério contém 500 estelas e mais de 1 800 corpos.

 

Como escrito acima, Manuel Ferreira de Bastos esta sepultado no talhao C, fila 14, coval 6.

 

 

 

Corpo Expedicionario Português

 

1917

30 de Janeiro : A 1.ª Brigada do CEP, do comando do general Gomes da Costa sai do Tejo a bordo de três vapores britânicos.

2 de Fevereiro : As primeiras tropas portuguesas chegam a Brest, porto na Bretanha, onde desembarcam

8 de Fevereiro : As tropas portuguesas chegam à zona de Thérouane, na Flandres francesa, que será o local de concentração da divisão do CEP.

30 de Maio : A 1.ª brigada de infantaria, da 1.ª divisão do CEP, ocupa um sector na frente de batalha.

4 de Junho : Primeiro ataque alemão ao sector defendido pela 1.ª brigada portuguesa.

10 de Julho : A 1.ª Divisão do CEP assume a responsabilidade da sua parte do Sector Português na linha da frente. Estará subordinada ao XI Corpo de Exército britânico comandado pelo general Haking.

 

 

 

 

1918

9 de Abril : A batalha do Lys começa, com uma prolongada barragem de artilharia alemã.

13 de Abril : A 1.ª e 2.ª brigadas de infantaria retiram para a nova linha de defesa em construção entre Lilliers e Stennberg.

 

 

 

 

Fontes:

- Francisco DINIS. A Freguesia de Ourentã, Cantanhede. 1995. p93.

 

- http://www.arqnet.pt/portal/portugal/grandeguerra/pgm1916.html

Corpo Expedicionario Português

 

 

Meus artigos :

1918 A Batalha da Lys

1918 Agasalhos para os soldados do Concelho de Cantanhede 01
1918 Agasalhos para os soldados do Concelho de Cantanhede 02
1918 Agasalhos para os soldados do Concelho de Cantanhede 03 
1918 Correspondencia de França

 

Tag(s) : #Cantanhede, #Ourentã, #Cantanhede : Pessoas, #França

Partager cet article

Repost 0