Overblog Suivre ce blog
Editer l'article Administration Créer mon blog

     

« Também no dia 25 p. p. se manifestou um pavoroso incendio n’uns pinhaes e mato no sitio das mentes, no caminho que conduz à Lapa, causando grandes prejuizos a varios proprietarios, sendo o mais queixoso o nosso amigo Prudêncio da Silva Ribeiro que lhe ardeu mato e pinheiros na extensão de dois dias de lavoura. Ao toque do sino acudiu todo o povo de Ourentã que conseguiu apagar o fogo. C. M. »

     

Gazeta de Cantanhede, n° 220, 17/09/1921, p 2.



E de reparar que os prejuizos incluiam o mato. Era antigamente considerado como uma riqueza, ja que era destinado para fertilizar os campos depois de ter sido aplicado nos curais do gado, tornando-se estrume.

Para medir a superficie, era comum utilizar os dias de lavoura, ou seja a superficie que se podia lavrar num dia... mas não sei quanto isso pode medir actualmente.





Meus artigos :
Prudêncio da Silva Ribeiro (1879-1941) 


 
Tag(s) : #Cantanhede, #Cantanhede : Eventos, #Ourentã

Partager cet article

Repost 0